Cartaz de cinema

Programa sobre os racistas do Ku KLux Klan suspenso nos Estados Unidos

Publicado em 26 Dez. 2016 às 19:04, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Bastidores)

Programa sobre os racistas do Ku KLux Klan suspenso nos Estados Unidos

O programa "Escaping the KKK" do canal A&E, sobre o grupo racista Ku Klux Klan, foi cancelado ainda antes da emissão de qualquer episódio. Informações de que elementos do KKK foram pagos para facilitar a presença das câmaras levaram a direção do canal a pôr fim ao projeto.

"A A&E soube ontem à noite pelos produtores externos responsáveis pelos documentário que foram efetuados pagamentos em dinheiro a alguns participantes a fim de facilitar o acesso. Apesar das boas intenções e da seriedade do conteúdo, esses pagamentos representam uma violação direta das políticas e práticas do A&E para a produção de documentários", lia-se numa nota tornada pública no sábado pela direção do canal.

O projeto foi recebido com uma onda de protestos por parte de associações e de ativistas contra o racismo e a favor da igualdade racial, nos EUA, apesar de o A&E ter anunciado, desde o início, que as sua intenções consistiam apenas em proporcionar a saída em segurança de membros do KKK que desejassem abandonar aquela organização.

"O nosso objetivo com esta série foi sempre expor e combater o racismo e o ódio em todas as suas formas", afirmou o A&E na mesma nota à imprensa.

Previamente, a direção do canal tinha assegurado a duas organizações apresentadas como parceiras no projeto, a Anti-Defamation League e a Color of Change, que não seriam efetuados pagamentos para encorajar indivíduos a aparecer no programa. Como essas condições deixaram de se verificar, as chefias do A&E tomaram a decisão de "não avançar com a emissão deste projeto".

A estreia do primeiro dos oito episódios iniciais de "Escaping the KKK" estava prevista para 10 de janeiro.