Cartaz de cinema

No dia da posse de Trump o canal História emite "Obama, na Primeira Pessoa"

Publicado em 19 Jan. 2017 às 23:57, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Estreias)

No dia da posse de Trump o canal História emite "Obama, na Primeira Pessoa"

No mesmo dia em que é passado o testemunho e toma posse Donald Trump, o canal História transmite um especial de duas horas sobre a presidência de Barack Obama – os sucessos e fracassos, as dificuldades com o Congresso e as relações raciais durante o seu mandato e o que significa uma presidência Trump para o seu legado.

A partir de duas longas entrevistas, conduzidas antes e após a eleição presidencial de 2016, o especial lança uma análise única sobre a presidência Obama a partir do seu interior.

Eleito em 2009 como o 44º presidente dos EUA, e o primeiro de ascendência africana, Barack Obama fez campanha sob o slogan "Change We Can Believe In" (mudança em que acreditamos) e, para muitos, representou a promessa do que significa ser americano. No entanto, o país para o qual foi eleito presidente estava a enfrentar um dos períodos mais difíceis de sempre, com a grave crise económica iminente. Oito anos depois, enquanto o país se prepara para um novo lider, a análise e o debate sobre o legado de Obama só agora começa.

"Obama, na Primeira Pessoa" inclui entrevistas inéditas a membros da equipa do presidente, do Congresso e da imprensa: o vice-presidente Joe Biden; o secretário de estado John Kerry; o secretário do tesouro Tim Geithner; o procurador-geral Eric Holder; a conselheira de segurança nacional, embaixadora Susan Rice; o chefe de gabinete Denis McDonough; a assessora Valerie Jarett; o conselheiro adjunto de segurança nacional Ben Rhodes; o antigo chefe de gabinete Rahm Emanuel; o antigo secretário de educação Arne Duncan; o líder da minoria no Senado Harry Reid; o líder da maioria no Senado Mitch McConnell; o antigo líder da maioria na Câmara dos Representantes Eric Cantor; jornalistas e muitos mais.

"Obama, na Primeira Pessoa" vai para o ar sexta-feira, 20 de janeiro, às 22h00, no canal História.