Cartaz de cinema

Neil Jordan afirma que a série "Riviera" foi adulterada sem o seu consentimento

Publicado em 27 Jun. 2017 às 17:12, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Bastidores)

Neil Jordan afirma que a série "Riviera" foi adulterada sem o seu consentimento

O realizador de "Jogo de Lágrimas" e "Entrevista Com o Vampiro" recusa assumir a autoria de algo que, segundo ele, foi radicalmente alterado pelos produtores.

A minissérie "Riviera", em 10 episódios, estreou no início de junho na Sky Atlantic. O canal britânico vangloria-se de que está a ser um enorme sucesso, mas Neil Jordan, cujo nome surge na qualidade de co-autor e criador, recusa assumir o produto final como seu.

Em declarações ao The Guardian, diz que os dois primeiros episódios foram alterados de forma substancial e que o resultado ficou muito distante do pretendido por ele e por John Banville, o escritor irlandês vencedor de um Booker Prize que dividiu com Jordan a autoria dos guiões.

"Os primeiros dois episódios escritos por mim e pelo John eram muito sombrios e complexos, e foi isso que atraiu toda a gente para o projeto, em primeiro lugar. A Sky Atlantic envolveu-se por causa desses guiões. Mas os produtores decidiram ir noutra direção", refere Jordan ao jornal inglês, acrescentando que desconhece os responsáveis pelas mudanças.

Após manifestar o seu descontentamento ao canal terão sido feitas tentativas para esclarecer a situação, mas o realizador decidiu remeter-se para um papel secundário, a partir desse momento.  

"Riviera" tem como protagonista Julia Stiles (da série "Dexter" e da trilogia "Bourne"), que assume a personagem de uma curadora de arte casada com um bilionário morto numa explosão no seu iate. Georgina acaba por descobrir que a fortuna e o estilo de vida que a rodeavam dependiam de uma teia de violência, mentiras e assassinatos. Perante a nova situação, vê-se obrigada a agir para se proteger a si mesma e à sua família.

As críticas têm sido sobretudo negativas. A Empire considera-a "confusa, sem humor"; a Spectator é ainda mais cruel ao titular que se trata "do equivalente televisivo de um screensaver"; e o site inews qualifica-a como "uma má telenovela com grandes iates".

A ideia para a criação de uma série passada na Cote d'Azur, entre os ricos e poderosos, partiu de Paul McGuiness, antigo manager da banda U2, que assumiu funções de produtor executivo com Liza Marshall e Kris Thykier, da produtora britânica Archery Pictures.

Representantes de McGuiness citados pelo The Guardian disseram sobre este tema que: "fazer uma série da escala de "Riviera" é inevitavelmente um esforço de equipa. Neil co-escreveu os dois primeiros episódios com John Banville. A série é a estreia de maior sucesso na Sky Atlantic, este ano. Não poderia estar mais orgulhoso do que conseguimos".

"Riviera" passou a ser transmitida em Portugal no MCS LifeStyle desde 20 de junho.