Cartaz de cinema

Especialistas em grandes produções desenvolvem spin-offs de "Spider-Man"

Publicado em 13 Dez. 2013 às 10:50, por , em Notícias de cinema (Temas: Primeiro olhar)

Especialistas em grandes produções desenvolvem spin-offs de "Spider-Man"

A Sony Pictures deu mais um passo na criação de novos filmes a partir do universo do super-herói.

Nada menos do que cinco argumentistas foram contratatos pela Sony Pictures para desenvolver novos filmes a partir do universo "Spider-Man".

Alguns deles já estão envolvidos em projetos que envolvem o aracnídeo, outros são aquisições frescas para a linha de montagem de novos sucessos que o estúdio pretende criar. Em comum têm um histórial de envolvimento em grandes produções, nem sempre com sucesso, diga-se:

  • Alex Kurtzman e Roberto Orci possuem créditos na escrita de "Transformers" e "Star Trek", ou "Missão Impossível III", mas também foram responsáveis pelo falhanço memorável de "Cowboys & Aliens".

  • Jeff Pinkner veio da equipa de escritores de "Lost" e "Fringe".

  • Ed Solomon tem no historial a escrita de "Anjos de Charlie" e "Homens de Negro" e a honra duvidosa de ter assinado o argumento de um dos recentes desastres de Eddie Murphy, "Imagine That". Mais recentemente escreveu "Mestres da Ilusão".
  • Drew Goddard vem do grupo de JJ Abrams. Escreveu episódios de "Buffy the Vampire Slayer", "Angel" e "Lost". Foi um dos autores de "Cloverfield" e reescreveu o argumento problemático do desastre salvo em cima da hora que foi "World War Z".

A partir de agora, Kurtzman e Orci, que estão a desenvolver com Pinkner os dois próximos "The Amazing Spider-Man" (para 2016 e 2018), vão trabalhar com Solomon no novo filme "Venom" com o vilão que já apareceu no terceiro filme da era Sam Raimi. Kurtzman está escalado para assumir também a realização deste spin-off.

Goddard, por seu turno, vai pegar em "The Sinister Six" e desenvolver uma nova linha narrativa com base no grupo de vilões que enfrenta Spider-Man. Além do argumento, Goddard será o provável realizador.

Com esta equipa de choque, a Sony Pictures tenta aproveitar ao máximo um dos poucos sucessos que tem tido recentemente e imitar a estratégia do par Disney e Marvel de desenvolvimento de um universo narrativo interligado e consequente.

Veja o trailer de "O Fantástico Homem-Aranha 2"

Aléam destes dois estúdios, também a WB parece querer seguir a tendência ao usar os seus trunfos da DC Comics, Superman e Batman e estabelecer uma rede de personagens que se entrecruzam em vários filmes.

Ou seja, até ver, os super-heróis vão continuar a surgir nos ecrãs em doses literalmente industriais.