Cartaz de cinema

Encerraram os cinemas Vivacine da Maia, Guarda e Caldas da Rainha

Publicado em 30 Jun. 2016 às 13:26, por , em Notícias de cinema (Temas: Indústria cinematográfica)

Encerraram os cinemas Vivacine da Maia, Guarda e Caldas da Rainha

As salas de cinema Vivacine, nas cidades da Maia, Guarda e Caldas da Rainha, fecharam portas esta semana. O encerramento foi confirmado por fonte ligada à gerência de um dos multiplexes que adiantou também não existir data prevista de reabertura.  

A 14 de abril, o jornal Terras da Beira já tinha dado conta das intenções da Vivacine Multimedia de proceder ao despedimento de 29 funcionários. Segundo a mesma notícia, a carta a oficializar o despedimento coletivo foi recebida pelos trabalhadores a 31 de maio.

Os três centros comerciais onde as salas estão localizadas pertenciam ao grupo FDO, falido desde 2012. Foram comprados pela ECS Capital, sociedade gestora de fundos de capital de risco e de restruturação, e entregues à Widerproperty que passou a gerir os espaços em novembro de 2015 sob as novas insígnias La Vie (nas Caldas e na Guarda) e Mira Maia (na cidade da Maia).

No caso da Guarda, a Widerproperty está, segundo declarações citadas no jornal O Interior, "a trabalhar numa alternativa de qualidade (...), para assegurar aos guardenses o acesso a sessões de cinema beneficiando das infraestruturas únicas e de grande qualidade existentes no centro comercial". Intenções semelhantes foram manifestadas no caso das Caldas da Rainha. Desconhecem-se, de momento, os planos da gerência do Shopping Mira Maia.