Cartaz de cinema

Césars 2017: "Elle" vence prémios do cinema francês

Publicado em 25 Fev. 2017 às 11:13, por , em Notícias de cinema (Temas: Temporada de prémios, Cinema Europeu)

Césars 2017: "Elle" vence prémios do cinema francês

Os prémios anuais do cinema francês consagraram "Ela", de Paul Verhoeven como melhor filme e sua protagonista, Isabelle Hupert, como melhor atriz. No entanto, as obras que levaram vantagem na contabilidade das estatuetas foram "Tão Só o Fim do Mundo", com três vitórias - incluindo uma dupla para Xavier Dolan, nas categorias de melhor realizador e melhor montagem e o César de melhor ator para Gaspard Ulliel - e "Divines", de Houda Benyamina, distinguido entre as melhores primeiras obras, atriz secundária (Deborah Lukumuena) e revelação feminina (Oulaya Amamra).

A política esteve presente em três pontos principais da cerimónia. François Ruffin, realizador do documentário "Merci, Patron!", sobre os baixos salários e más condições de trabalho nas fábricas francesas, recebeu o César envergando uma t-shirt de agradecimento ao presidente da Vivendi, o grande grupo dono do canal que transmitiu o espectáculo e pediu ao presidente François Hollande mais atenção para o assunto da deslocalização de unidades de produção para fora da França.

Vencedor do prémio de melhor filme estrangeiro, com "Eu, Daniel Blake", Ken Loach lembrou as próximas eleições francesas e pediu uma rejeição da "amargura da direita", numa alusão à Frente Nacional, de Marine Le Pen.

George Clooney, que recebeu um César honorário, fez um quase inevitável apelo à resistência contra Trump lembrando que nos Estados Unidos "descrevemo-nos a nós mesmos como defensores da liberdade" mas que "não podemos defender a liberdade no exterior se esquecermos a liberdade nos nossos lares".

Lista de vencedores dos Césars 2017

Melhor Filme

Elle, produzido por Saïd Ben Saïd, Michel Merkt

Melhor Realizador

Xavier Dolan, Juste La Fin du Monde

Melhor Ator

Gaspard Ulliel, Juste La Fin du Monde

Melhor Atriz

Isabelle Huppert, Elle

Melhor Ator Secundário

James Thierrée, Chocolat

Melhor Atriz Secundária

Deborah Lukumuena, Divines

Melhor Revelação Masculina

Niels Schneider, Diamant Noir

Melhor Revelação Feminina

Oulaya Amamra, Divines

Melhor Argumento Original

Solveig Anspach, Jean-Luc Gaget, L"Effet Aquatique

Melhor Argumento Adaptado

Céline Sciamma, Ma Vie De Courgette

Melhor Filme Estrangeiro

I, Daniel Blake, dir: Ken Loach

Melhor Curta-Metragem (empate)

Maman(s), Maïmouna Duocouré

Vers La Tendresse, Alice Diop

Melhor Fotografia

Pascal Marti, Frantz

Melhor Filme de Animação

Ma Vie De Courgette, dir: Claude Barras

Melhor Curta-metragem de Animação

Celui Qui A Deux Ames, dir: Fabrice Luang-Vija

Melhor Montagem

Xavier Dolan, Juste La Fin du Monde

Melhor Primeira Obra

Divines, dir: Houda Benyamina

Melhor Banda Sonora Original

Ibrahim Maalouf, Dans Les Forêts De Sibérie

Melhor Documentário

Merci Patron!, dir: François Ruffin

Melhor Design de Produção

Jérémie D Lignol, Chocolat

Melhor Som

Marc Engels, Fred Demolder, Sylvain Réty, Jean-Paul Hurier, L"Odyssée

Melhor Guarda-Roupa

Anaïs Romand, The Dancer