Cartaz de cinema

"Cartas da Guerra" ganha prémios Sophia

Publicado em 23 Mar. 2017 às 06:15, por , em Notícias de cinema (Temas: Temporada de prémios, Cinema Português)

"Cartas da Guerra" ganha prémios Sophia

Esta foi a noite dos prémios do cinema português. No grande auditório do Centro Cultural de Belém, Ana Bola conduziu a quinta gala de entrega dos Sophia, que distinguiram o melhor das produções nacionais em 2016.

"Cartas da Guerra" ganhou por nove vezes, incluindo as categorias mais importantes, de melhor filme e melhor realizador.

O título que entrava com mais nomeações, 14 no total, "Cinzento e Negro", de Luís Filipe Rocha, venceu apenas três: melhor ator, melhor argumento original e melhor banda sonora.

Aqui fica a lista completa de vencedores:

  •     Melhor Filme: Cartas da Guerra
  •     Melhor Realizador: Ivo M. Ferreira - Cartas da Guerra
  •     Melhor Atriz Principal: Ana Padrão - Jogo de Damas
  •     Melhor Ator Principal: Miguel Borges - Cinzento e Negro
  •     Melhor Atriz Secundária: Manuela Maria - A Mãe é que Sabe
  •     Melhor Ator Secundário: Adriano Carvalho - A Mãe é que Sabe
  •     Melhor Fotografia: João Ribeiro - Cartas da Guerra
  •     Melhor Argumento Original: Luís Filipe Rocha - Cinzento e Negro
  •     Melhor Argumento Adaptado: Ivo M. Ferreira, Edgar Medina - Cartas da Guerra
  •     Prémio Sophia Estudante: A Instalação do Medo, Ricardo Leite
  •     Melhor Direção Artística: Nuno G. Mello - Cartas da Guerra
  •     Melhor Som: Ricardo Leal e Tiago Matos - Cartas da Guerra
  •     Melhor Documentário em Longa-Metragem: Mudar de Vida, José Mário Branco, vida e obra, de Nelson Guerreiro, Pedro Fidalgo
  •     Melhor Banda Sonora Original: Mário Laginha, Cinzento e Negro
  •     Melhor Canção Original: Refrigerantes e Canções de Amor, letra Sérgio Godinho e música Filipe Raposo - Refrigerantes e Canções de Amor
  •     Melhor Guarda Roupa: Lucha d'Orey - Cartas da Guerra
  •     Melhor Maquilhagem e Cabelos: Nuno Esteves "Blue" - Cartas da Guerra
  •     Melhor Montagem: Sandro Aguilar - Cartas da Guerra
  •     Melhor Documentário em Curta-Metragem: Balada de um Batráquio, Leonor Teles
  •     Melhor Curta-Metragem de Ficção: Menina, Simão Cayatte
  •     Curta-Metragem de Animação: Estilhaços, José Miguel Ribeiro