Cartaz de cinema

"O Síndrome do Vinagre" por Samuel Andrade
Arquivo da Semana: nos 60 anos de "Psico"

Publicado em 16 Jun. 2020 às 21:23, por Samuel Andrade, em Opinião (Temas: Síndrome do Vinagre)

Arquivo da Semana: nos 60 anos de "Psico"

O influente filme de terror realizado por Alfred Hitchcock estreou a 16 de junho 1960.

A 16 de junho de 1960, o DeMille Theatre, em Nova Iorque, acolhia a estreia de "Psico", então o mais recente filme de Alfred Hitchcock, obra de terror revolucionária cuja essência ainda é elogiada entre cinéfilos e crítica.

Filmado a preto e branco, com Janet Leigh e Anthony Perkins nos principais papéis e dotado de reduzido orçamento – em total oposição aos grandes empreendimentos anteriores do realizador, como "A Janela Indiscreta", ou "A Mulher que Viveu Duas Vezes –, sobre "Psycho", a sua qualidade estética e influência no cinema norte-americano, já tudo foi dito e escrito. Desde o choque que a famosa sequência do duche causou nos espectadores da época, passando por documentários que escrutinaram todos os simbolismos empregues por Hitchock, ou um remake que literalmente imitou os mesmos planos de câmara do original, e até a reinterpretações dos valores do filme à luz das consciências críticas modernas, o seu legado é unanimemente considerado como intocável.

Para assinalar os 60 anos da estreia de "Psico", o Síndrome do Vinagre partilha três peças de arquivo dedicadas à promoção do filme, repletas de secretismo e criatividade (em conformidade com o seu famoso slogan "Ninguém... mas ninguém!... poderá entrar na sala após o início da projeção") e, inevitavelmente, dominadas pelo estilo característico do próprio Alfred Hitchcock.

Um dos primeiros trailers do filme, onde o "fabuloso Mr. Alfred Hitchcock" conduz-nos numa visita guiada pelo Bates Motel.

(fontes: Movieclips Classic Trailers e Paramount Pictures)

Entrevista de Alfred Hitchock, em julho de 1960, para o programa "Picture Parade" da BBC, onde o cineasta britânico falou das origens dos seus receios pessoais - "eu tenho medo de tudo", - o modo como gostava de assustar a audiência e o que se poderia esperar do seu novo filme "Psico".

(fonte: British Broadcasting Corporation - BBC)

Documentário produzido em 2012, pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS) que, a partir de materiais armazenados no seu arquivo fílmico (destaque para as sequências captadas, na época, à porta dos cinemas que exibiam o filme), recorda como Alfred Hitchcock "convenceu" o público a ir ver "Psico".

(fonte: AMPAS e Academy Film Archive)

Curtas Vila do Conde 2020