Cartaz de cinema

Djon África (2018)

Duração T96M minutos

Género Drama, Crime

Origem Brasil, Cabo Verde, Portugal

Estreia em Portugal

Classificação etária M/12

Distribuidor Terratreme

Miguel Moreira, também conhecido como Tibars, ou John África, acaba de descobrir que a genética é madrasta e que a sua fisionomia - bem como alguns traços fortes da sua personalidade - o denunciam, ao primeiro olhar, como filho do seu pai, alguém que nunca conheceu.

Essa descoberta intrigante leva-o a tentar saber quem é esse homem. Dele sabe apenas aquilo que lhe conta a sua avó, com quem vive desde sempre.

A curiosidade galopante faz com que decida ir à sua procura. Seguindo o percurso de John Tibars ao encontro do pai iremos também ao encontro desse território do sonho que assombra as memórias, os desejos ou as mitologias de uma boa parte daqueles que mantêm as suas raízes culturais e a génese da sua identidade no continente africano.

Tibars vive duas identidades em conflito e ao mesmo tempo em harmonia. O que é viver num gueto em Portugal e ser africano sem o ser? Esta ambivalência encontra a projecção de toda uma vida nesta aventura. África surge aqui com toda a carga que tem na imaginação, na projecção não só do lugar, como da sua essência, da sua pertença.

Com Miguel Moreira, Isabel Muñoz Cardoso

Realização João Miller Guerra, Filipa Reis

Produção Pedro Pinho

Argumento

IMDb http://www.imdb.com/title/tt7862998/