Cartaz de cinema

"Why We Hate" em estreia no Discovery Channel

Publicado em 8 Out. 2019 às 12:59, por filmSPOT, em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Estreias)

"Why We Hate" em estreia no Discovery Channel

A nova série em seis episódios, é produzida pelos cineastas Steven Spielberg e Alex Gibney.

Ao longo da história, o ódio e os conflitos têm feito parte da experiência humana. De extremos terríveis quando o ódio alimentou a destruição em massa,como o Holocausto, ou o genocídio no Ruanda, até incidentes quotidianos como o bullying nos recreios, ou nas redes sociais. Em todos eles, o ódio molda as nossas vidas de inúmeras maneiras. E, apesar todos os seres humanos terem a capacidade de odiar, poucos entendem o que o inicia e transforma numa força destruidora.

Produzida por Alex Gibney e Steven Spielberg e realizada por Geeta Gandbhir e Sam Pollard (galardoados com o Emmy®por "When The Levees Broke: A Requiem in Four Acts"), a série "Why We Hate" explora uma das emoções mais básicas e destrutivas da humanidade – o ódio. O objetivo da série é ajudar as pessoas a compreenderem as suas próprias mentes, para que possam encontrar uma forma de trabalhar contra e o ódio e impedi-lo de se espalhar.

Apoiando-se em jornalismo de referência, investigações históricas profundas e pesquisas inovadoras nas áreas da psicologia, biologia e neurociência, "Why We Hate" traça uma linha de evolução do ódio e seu poderoso impacto sobre os indivíduos e sobre as sociedades ao longo da história da humanidade. A ciência por trás do comportamento é uma ferramenta poderosa para nos ajudar a entender o que impulsiona o conflito, permitindo que as pessoas tenham conversas reais e difíceis sobre esses problemas e comportamentos.

Para ajudar a desconstruir essas complexas questões cada episódio conta com especialistas como a cientista cognitivo Laurie Santos, o antropólogo evolucionista Brian Hare, o jornalista e autor Jelani Cobb, a especialista em extremismo Sasha Havlicek, a advogada especialista em crime internacional Patricia Viseur Sellers e o neurocientista Emile Bruneau.

"Why We Hate" trabalha para contextualizar as muitas instâncias do ódio na vida quotidiana: as violentas rivalidades que surgem em eventos desportivos, a retórica odiosa que corre desenfreada nas redes sociais e as acaloradas discussões que inflamam a política, a raça, a religião e as crenças sociais. A série segue indivíduos corajosos que tentam dominar conflitos violentos e corrigir percepções equivocadas, ouve antigos terroristas e arquitetos do genocídio, e permite que os espectadores tirem lições de alguns dos exemplos mais brutais e duradouros de ódio em todo o mundo.

Entre as ideias exploradas incluem-se exemplos de como o pensamento coletivo molda as percepções das pessoas e os seus comportamentos. A área que melhor ilustra isso é o desporto, onde lealdades profundas são baseadas em diferentes fatores, como a identidade regional. Um profundo amor por uma equipa muitas vezes leva ao ódio pelo rival, o que pode resultar em odiar também os adeptos adversários.

Como explica Santos, "... os adeptos de futebol tendem a ser os mais tribais… não apenas em relação aos jogadores de futebol que gostam, mas também em relação aos outros adeptos. E isso é interessante porque sugere que não se trata apenas da competição". Santos continua a traçar paralelos com o ambiente político de hoje: "O partidarismo político está a ficar cada vez mais tribal de dia para dia. A distância entre nós e eles neste país está cada vez maior, e está a revelar uma das faces mais feias do tribalismo".

"Why We Hate" dá igualmente destaque às histórias pessoais daqueles que viveram uma vida de ódio, incluindo um membro de um grupo de ódio cujas memórias de infância "são ir gritar com manifestantes e afirmar que deviam ir para o inferno." A série conta a história de pessoas cujas crenças pessoais as levaram a cometer atos de ódio tão severos que as conduziram à cadeia, mas que eventualmente se conseguiram livrar dessas ideologias.

Durante a série, "Why We Hate" revela ligações contemporâneas a comportamentos antigos e evolutivos e usa a ciência como base para desvendar a verdade sobre o ódio e a natureza humana.

A estreia desta série de seis episódios acontece domingo, 13 de outubro, às 22h00, no Discovery Channel.