Cartaz de cinema

Vem aí o "Sharktember" - um mês inteiro dedicado aos tubarões no Discovery Channel

Publicado em 26 Ago. 2016 às 16:55, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Estreias)

Vem aí o "Sharktember" - um mês inteiro dedicado aos tubarões no Discovery Channel

O Discovery Channel volta a levar a todos os fãs uma completa programação dedicada a tubarões. Esta nova edição de Sharktember chega com mais de 250 horas de programação especial e 16 horas de conteúdos inéditos que irão levar os espetadores às profundezas dos oceanos.

A partir de 4 de setembro e durante cinco semanas, os tubarões são reis no Discovery Channel, pelo terceiro ano consecutivo.

Todos os domingos, a partir das 20 horas, o canal estreia quatro documentários, levados aos espetadores pelas mãos de peritos e cientistas.

4 DE SETEMBRO

"Tubarões, jogos mortais", mostra a jornada do Dr. Jonathan Werry e do diretor de fotografia Andy Casagrande pelo Sul da Austrália para revelar as novas técnicas de caça do tubarão branco, que aprendeu a nadar até à superfície e a sair da água para capturar focas.

A partir das 21 horas, chega "O Regresso do Tubarão Mako", em que o especialista Keith Poe, juntamente com os biólogos marinos Greg Stuntz e Matt Ajemain, parte em busca dos segredos do "grandioso", um tubarão Mako gigante que pesa quase meia tonelada. Segundo os especialistas, estes grandes tubarões sofrem uma espécie de transformação quando ultrapassam os três metros, tornando-se capazes de caçar as maiores presas.

Às 22 horas é a vez de "Tubarão: ameaça noturna", em que o famoso fotógrafo de tubarões Chris Fallows, o especialista Jeff Kurr e o biólogo Neil Hammerschlag, tratam de averiguar como fazem os grandes tubarões brancos para caçar na escuridão.

Narrado por Lena Heady ("Game of Thrones"), o documentário corrobora a extraordinária capacidade dos tubarões brancos para caçar de forma efetiva com ou sem sol, tratando de averiguar como conseguem fazê-lo.

As estreias deste dia terminam às 23 horas com "Tubarões, invasão na costa" em que, utilizando uma jaula de tubarões autopropulsada, denominada de "The Explorer", os biólogos marinos Mauricio Hoyos e Grant Johnson investigam uma descoberta recente na ilha de Guadalupe: durante a noite, há grandes brancos a patrulhar em águas profundas.

11 DE SETEMBRO

Às 20 horas "A fúria do Tubarão Branco" segue o rasto a um recém-chegado às águas do noroeste do Pacífico: o grande tubarão branco. Os especialistas em tubarões Ralph Colier e Brandon McMillan vão tentar descobrir porque razão os grandes tubarões brancos viajam para Norte e porque se deixam ver neste local em particular.

Às 21 horas, é a vez de estrear "Tubarão Nuclear", um documentário filmado por Philipe Cousteau, neto do lendário explorador submarino e cineasta Jacques Cousteau que, com a sua mulher Ashlan Gorse Cousteau e o biólogo marino Lucas Tipple, viajam até ao Atol de Bikini para explorar as profundezas, que ainda mostram as consequências nucleares da Guerra Fria. Desde então, a natureza tem-se mostrado resistente e quase que restaurou por completo o ecossistema, repovoando o Atol com tubarões de recife. Mas de onde vieram estes peixes não migratórios?

Às 22h00, estreia "Tubarões na Selva" (22 horas), um documentário em que o biólogo marinho Dr. Craig O"Connell e Andy Casagrande viajam rio acima pelas selvas tropicais da Costa Rica, para averiguar a razão pela qual os jovens tubarões touro também sobem o rio e como conseguem esquivar-se dos crocodilos que vivem no local.

A partir das 23 horas chega "Blue Serengeti", um documentário que segue as migrações anuais de predadores e presas, através de milhares de quilómetros de oceano em busca de vários pontos da costa da Califórnia. Com câmaras agarradas a tubarões brancos, baleias, focas e elefantes marinhos, o programa promete transmitir imagens incríveis, que vão levar os espetadores numa viagem pelo mar.

18 DE SETEMBRO

Em "A ilha dos tubarões", a partir das 20 horas, o diretor de fotografia Andy Casagrande investiga a razão pela qual os tubarões brancos desapareceram das águas das ilhas de Neptuno, ao largo do Sul da Austrália.

Logo depois, segue-se "Isco para Tubarões", que mostra a guerra disputada entre focas e tubarões há milhões de anos. Para isso, o Dr. Greg Skonal e a sua equipa foram até Cape Cod, em Massachusetts, no nordeste dos Estados Unidos, até um dos campos de batalha mais ativos para estas duas espécies.

Às 22 horas, é a vez de "Nadar com Tubarões" em que o Dr. Craig O"Connell propõe uma solução para desencorajar os ataques de tubarões a humanos, que nos últimos anos têm vindo a aumentar significativamente em todo o mundo. O biólogo marinho acredita que desenvolveu um sistema que vai demonstrar de uma vez por todas que os tubarões e as pessoas podem coexistir em paz.

A oferta de estreias deste domingo chega ao fim às 23 horas com "A praia do tubarão-tigre" em que Dr. Neil Hammerschlag, , trata de averiguar os locais onde estas espécies se reproduzem e dão à luz. Para isso, vai etiquetar e seguir 40 tubarões da espécie de uma zona pouco profunda das Bahamas chamada Tiger Beach.

25 DE SETEMBRO

A partir das 20 horas, "Os tubarões mais letais", passa o olhar por um vasto leque dos tubarões mais letais do mundo e lança alguma luz sobre a sua verdadeira natureza, negando o mito de que são máquinas de matar sem sentido, revelando que estão entre as criaturas mais surpreendentes e bem adaptadas à Terra.

Depois, às 21 horas, é a vez de "Tubarões contra golfinhos", que mostra, pela mão do Dr. Mike Heithaus, como os cientistas começaram a compreender a verdadeira natureza da relação entre estes mestres do mar.

Os documentários continuam com "Tubarões das profundezas",  às 22 horas, em que o biólogo Greg Skomal e a sua equipa viajam a Guadalupe para encontrar o maior tubarão branco do mundo, com a ajuda de submarinos robôs.

Por fim, e fechando a programação do Sharktember, chega "Sharktacular", a partir das 23 horas, que resume aos espetadores os melhores momentos deste mês dedicado aos tubarões pela mão do produtor Eli Roth.