Cartaz de cinema

Trio de novas séries de produção portuguesa anunciado pela RTP1

Publicado em 20 Dez. 2016 às 19:52, por , em Notícias de Televisão e Séries

Trio de novas séries de produção portuguesa anunciado pela RTP1

O drama policial "Filha da Lei" e as comédias "Feitios" e "Sim, Chef!" chegam em janeiro de 2017 à televisão portuguesa.

Estas três novidades juntam-se a "Ministério do Tempo" para compor o alinhamento de séries portuguesas nos serões da RTP1 de segunda a sexta. Só a quinta-feira não terá ficção nacional.

"Filha da Lei" é uma produção da Stopline de Leonel Vieira. Conta a história de Isabel Garcia, Inspetora-Chefe com 17 anos de carreira na Polícia Judiciária, designada para comandar a investigação do caso policial mais importante ocorrido em Portugal nos últimos 20 anos. Confrontada com o maior desafio da sua carreira, Isabel esforça-se para manter a sanidade, ainda mais abalada devido aos violentos assassinatos de adolescentes que assolam a cidade.

Samuel Lopes, Inspetor estagiário, formado em Psicologia Criminal junta-se à Brigada de Garcia, onde terá de conquistar o seu lugar. O convívio com Samuel, vai ajudar Isabel a entender melhor a sua própria filha e a relação com o seu ex-marido, o jornalista Jaime.

Num tom bastante mais ligeiro, "Feitios" inclui como personagens um brigadeiro-general aposentado contra a sua vontade. Uma sogra que adora irritar o genro. O dono de um bar que adora enganar os clientes. Um cliente assíduo do bar. Uma empregada chantagista  e  interesseira. Um empresário rico e o seu melhor amigo, que afinal não o é, e que o está sempre a trair com a sua mulher. E uma família  onde existem vários problemas de relacionamento.

A terceira novidade é uma adaptação de um formato original russo. "Sim, Chef!"acompanha Manel (Diogo Martins), um jovem proveniente de Braga, que vem para Lisboa seguir o seu sonho - trabalhar como Chef.

Manel chega ao muito chique "Divina Comédia" com grandes esperanças de sucesso. Mas em vez de uma entrevista de emprego, enfrenta situações embaraçosas. Ambicioso e desenrascado, Manel tenta várias estratégias para resolver a situação, mas esbarra sempre em Kika (Benedita Pereira), a gerente do restaurante.

Parece não haver esperança, mas o destino muda quando o Chef o contrata - apenas e só - para irritar Kika.

O Chef do "Divina Comédia" é Vítor Guerreiro (Miguel Guilherme), um virtuoso da cozinha, gestor autoritário e excêntrico. A sua equipa é composta pelo devoto e subserviente subchefe Leonel, pelos brincalhões inseparáveis Fernando e Samuel, pelo pasteleiro francês Louis e pela copeira angolana Zazá, muito respeitada pelo Chef.

Só proprietário, o ex-futebolista Bruno Falcão, pode influenciar o comportamento deste tirano da culinária. Mas o maior problema surge com a abertura de um novo restaurante mesmo ao lado, liderado pela responsável e talentosa Helena Paixão.