Cartaz de cinema

Roseanne Barr: afirmações racistas levam a cancelamento de série

Publicado em 31 Mai. 2018 às 13:30, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Celebridades, Cancelamentos, Bastidores)

Roseanne Barr: afirmações racistas levam a cancelamento de série

A protagonista da comédia "Roseanne" obrigou o canal ABC a pôr fim à série de maior audiência nos Estados Unidos.

Uma tirada racista da atriz Roseanne Barr na rede social Twitter obrigou a norte-americana ABC a cancelar o programa de maior audiência do canal.

O alvo da protagonista de "Roseanne" foi Valerie Jarrett, antiga assessora de Barack Obama, apelidada de "descendente do cruzamento entre a Irmandade Muçulmana e o Planeta dos Macacos".

Pouco depois, Barr apagou o texto e publicou um pedido de desculpas: "Peço desculpa a Valerie Jarrett e a todos os americanos. Estou sinceramente arrependida por ter feito uma piada de mau gosto sobre as suas opções políticas e o seu aspeto. Devia ter pensado melhor. Perdoem-me - foi uma piada de mau gosto. A partir de agora, vou deixar o Twitter".

Consequência imediata deste escândalo, num comunicado, o presidente da ABC Entertainment, Channing Dungey, anunciou: "A afirmação da Roseanne no Twitter é abominável, repugnante e contrária aos nossos valores, por isso decidimos cancelar a sua série."

"Roseanne" estreou em 1988 e permaneceu no ar durante nove temporadas, até 1997. Roseanne Barr contracenava com John Godmann no retrato de uma família da classe trabalhadora a viver na região do Midwest dos EUA.

A sitcom regressou a 27 de março de 2018 para uma décima temporada e tornou-se na série mais popular do país, chegando mesmo a bater "A Teoria do Big Bang", líder incontestada até então. Há pouco tempo fora renovada para uma 11ª temporada.