Cartaz de cinema

"O Síndrome do Vinagre" por Samuel Andrade
O Arquivo da Semana: as "joias" da Cinemateca Brasileira

Publicado em 15 Ago. 2020 às 17:35, por Samuel Andrade, em Opinião, Notícias de cinema (Temas: Síndrome do Vinagre)

O Arquivo da Semana: as "joias" da Cinemateca Brasileira

Esta semana, espreitamos alguns exemplos do acervo da maior cinemateca da América Latina.

No momento em que a estabilidade de gestão da Cinemateca Brasileira é tópico de debate e receio, o Arquivo desta semana presta homenagem ao trabalho da instituição – a maior do género na América do Sul –, tanto pela premente conservação da memória audiovisual do Brasil que desempenha, como na difusão desses conteúdos junto de públicos de todas as idades e geografias.

Para além da importante missão de preservar o cinema do seu país, a Cinemateca Brasileira é, igualmente, a "guardiã" de uma vasta e fundamental coleção de imagens em movimento, na qual se destacam o arquivo integral da TV Tupi (o primeiro canal televisivo do Brasil), um conjunto de filmes e documentos sobre a obra do realizador Glauber Rocha, ou os 18 títulos produzidos com a chancela da histórica Companhia Cinematográfica Vera Cruz.

Deste lado do Oceano Atlântico, o Arquivo da Semana demonstra a sua solidariedade e partilha alguns dos objetos mais curiosos e fascinantes preservados na Cinemateca Brasileira – e muitos mais podem ser vistos no seu Banco de Conteúdos Culturais. Face a uma política cultural que (no mínimo) se poderá apelidar de desastrada e desastrosa, torna-se ainda mais urgente demonstrar como a memória das imagens em movimento – e os sentimentos que as mesmas suscitam – deve ser constante e absolutamente "apolítica".

 

Um breve medley de filmes publicitários, datados de 1945 e projetados nas salas de cinema brasileiras, que realça as qualidades de marcas como Óleo Primor, Muscotônico, Formiga Alfaiate, Armazém da Paz, Cêra Polimovel e Insinuante Calçados.

(Fonte: Cinemateca Brasileira)

 

Realizado em 1962, "H2O" faz a explicação didática ao protagonista Joãozinho, sobre as características químicas da água, os estados, líquido, gasoso e sólido e o seu papel decisivo para a vida do nosso planeta.

(Fontes: INCE - Instituto Nacional de Cinema Educativo / Studio de Desenhos Animados Guy / Cinemateca Brasileira)

 

Considerado como um dos primeiros videoclips do mundo por historiadores do audiovisual, "A Velha a Fiar", realizado em 1964 por Humberto Mauro (um dos pioneiros do cinema brasileiro), ilustra a homónima canção interpretada pelo Trio Irakitan com imagens de tradições e costumes típicos do interior do Brasil.

(Fontes: INCE - Instituto Nacional de Cinema Educativo / Cinemateca Brasileira)

 

A 19 de novembro de 1969, o Brasil parou para ver o jogo entre o Vasco da Gama e o Santos, na expectativa de testemunhar, em direto, o milésimo golo da carreira de Pelé. Um feito alcançado através da marcação de uma grande penalidade, e celebrado com a efusiva narração do jornalista Geraldo José de Almeida.

(Fontes: TV Tupi / TV Excelsior / Cinemateca Brasileira)

 

Em 1979, a TV Tupi estreava "Abertura", um programa de cariz jornalístico que, aproveitando alguma abertura política naquela época, convidada vários pensadores e cronistas a expressarem opinião sem censura. Um dos participantes mais emblemáticos foi o cineasta Glauber Rocha, que aqui recordamos numa das suas intervenções mais famosas e (vociferando argumentos como "o cinema brasileiro é a vergonha nacional!") totalmente controversas.

(Fontes: TV Tupi / Cinemateca Brasileira)

Curtas Vilda do Conde 2020