Cartaz de cinema

NOS Audiovisuais prepara reabertura a 2 de julho com cinema português

Publicado em 18 Jun. 2020 às 15:35, por António Quintas, em Notícias de cinema (Temas: Cinema Português)

NOS Audiovisuais prepara reabertura a 2 de julho com cinema português

O maior distribuidor nacional agendou a estreia de nove produções portuguesas para os primeiros três meses de regresso às salas.

"Faz-me Companhia", de Gonçalo Almeida, "Surdina", de Rodrigo Areias, "Patrick", de Gonçalo Waddington e o documentário "Zé Pedro Rock'n'Roll", do realizador Diogo Varela, são alguns dos filmes anunciados hoje pela NOS que prepara o regresso à atividade a 2 de julho.

Ao todo são nove os filmes portugueses agendados pelo maior distribuidor e exibidor português para os meses de julho, agosto e setembro:

"Faz-me Companhia", a primeira longa-metragem de Gonçalo Almeida, estreia a 2 de julho e conta com as atrizes Cleia Almeida e Filipa Areosa nos principais papéis.

Faz-me Companhia

Faz-me Companhia

2019 | Mistério | 88 min

Com Cleia Almeida, Eunice Muñoz, Filipa Areosa

Realização Gonçalo Almeida

Class. etária M/14

Estreia em Portugal 2 Jul. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

Realizado por Rodrigo Areias, com argumento de Valter Hugo Mãe e banda sonora de Tó Trips, "Surdina" chega ao grande ecrã a 9 de julho.

Surdina

Surdina

2019 | Drama | 79 min

Com António Durães, Ângela Marques, Ana Bustorff

Realização Rodrigo Areias

Estreia em Portugal 9 Jul. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

"Patrick", o primeiro filme de Gonçalo Waddington, estreia a 23 de julho.

Patrick

Patrick

2019 | Drama | 100 min

Com Hugo Fernandes, Alba Baptista, Carla Maciel

Realização Gonçalo Waddington

Estreia em Portugal 23 Jul. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

A estreia do documentário sobre o guitarrista dos Xutos e Pontapés, "Zé Pedro Rock'n'Roll" acontece a 30 de julho.

Ze Pedro Rock & Roll

Ze Pedro Rock & Roll

2019 | Documentário | 110 min

Estreia em Portugal 30 Jul. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

"Impossibilidade de Estar Só", de Sérgio Graciano, tem estreia agendada para 6 de agosto.

A Impossibilidade de Estar Só

A Impossibilidade de Estar Só

2020 | Drama | 80 min

Com Bruna Quintas, Laura Dutra

Realização Sérgio Graciano

Estreia em Portugal 6 Ago. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

"Golpe de Sol", de Vicente Alves do Ó, chega aos cinemas a 13 de agosto.

Golpe de Sol

Golpe de Sol

2018 | Drama | 92 min

Com Nuno Pardal, Oceana Basílio, Ricardo Barbosa

Realização Vicente Alves do Ó

Class. etária M/16

Estreia em Portugal 13 Ago. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

"Alice Nova Iorque e Outras Histórias", drama satírico de Tiago Durão, rodado entre Lisboa e Nova Iorque terá lançamento a 20 de agosto.

Alice, Nova Iorque e Outras Histórias

Alice, Nova Iorque e Outras Histórias Tales from the Rabbit Hole: A Curious Kitsch Novel

2019 | Comédia, Drama | 120 min

Com Sofia Mirpuri, Naomi Livingstone, Troy Tripicchio

Realização Tiago Durão

Estreia em Portugal 20 Ago. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

Também de Sérgio Graciano, a 17 de setembro chega aos cinemas "O Som Que Desce da Terra".

O Som Que Desce na Terra

O Som Que Desce na Terra

2020 | Drama | 106 min

Com Gabriela Barros, José Condessa, Lourenço Conde

Realização Sérgio Graciano

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

Por fim, a 24 desse mês estreia "O Ano Da Morte de Ricardo Reis", adaptação de João Botelho do livro homónimo de José Saramago.

O Ano da Morte de Ricardo Reis

O Ano da Morte de Ricardo Reis

2020 | Drama | 128 min

Com Chico Diaz, Victoria Guerra, Catarina Wallenstein

Realização João Botelho

Class. etária M/14

Estreia em Portugal 1 Out. 2020

Distribuidor NOS Audiovisuais

Ver trailer

Além destes filmes da NOS, está ainda prevista para os próximos meses o lançamento de mais uma produção nacional, "Bem Bom", pela Cinemundo, a que se pode ainda acrescentar a chegada de "Salgueiro Maia - O Implicado", em outubro.

Os 31 multiplexes da NOS Cinemas, o maior circuito de exibição de cinema em Portugal, estão fechados desde 16 de março, como resposta à pandemia de COVID-19. Também a partir dessa data, a NOS Audiovisuais, o maior distribuidor de cinema do país, suspendeu as estreias de novos filmes em sala.

A 25 de maio, o presidente da FEVIP - Associação Portuguesa de Defesa de Obras Audiovisuais, assumiu o papel de porta-voz do setor e recusou a hipótese de reabertura dos cinemas a 1 de junho, data em passou a ser permitida pelo governo. A FEVIP referiu a falta de novos filmes como um problema grave para o setor e apontou 2 de julho como a data mais indicada para a reabertura.

Apesar desta tomada de posição, algumas salas reiniciaram a atividade logo no início de junho.

As primeiras grandes estreias dos estúdios norte-americanos, que tradicionalmente dominam as bilheteiras, começam a chegar a 23 de julho, com "Mulan", da Disney, e 30 de julho, através de "Tenet", o novo filme de Christopher Nolan, da Warner Bros.