Cartaz de cinema

"Narcos": irmão de Escobar ameaça Netflix e pede mil milhões de dólares antes da estreia da segunda temporada

Publicado em 12 Jul. 2016 às 11:23, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Bastidores)

"Narcos": irmão de Escobar ameaça Netflix e pede mil milhões de dólares antes da estreia da segunda temporada

Roberto Escobar, irmão do falecido líder do cartel de Medellin diz que pretende exigir mil milhões de dólares à Netflix caso não aceitem rever a segunda temporada da série "Narcos".

"Mil milhões de dólares é quanto costumávamos faturar numa boa semana entre 1980 e 1990. Aparentemente, para a Netflix, o dinheiro está a crescer nas árvores após o lançamento da minha série. Deviam pagar-me imediatamente" - afirma Roberto em declarações prestadas à Newsweek.

Um comunicado à imprensa enviado dias antes pela Escobar Inc. tinha um tom bastante mais conciliatório. O texto enviado pela holding que afirma representar os interesses da família Escobar refere apenas que Roberto enviou uma carta ao Netflix, pedindo para rever a segunda temporada de "Narcos" antes de qualquer divulgação, ou distribuição.

"Venho por este meio submeter um pedido formal e amigável para rever este material apenas para nossa informação. A série retrata a minha vida, a minha família e o meu irmão. Creio que sou a única pessoa viva que pode determinar a validade dos materiais", diz Roberto Escobar no comunicado.

"Tentámos entrar em contato com a Netflix (...) antes da estreia de "Narcos", mas não obtivemos resposta", acrescenta o CEO da Escobar Inc., Olof K. Gustafsson. "Penso que é importante que eles reconheçam o desejo de Roberto Escobar poder analisar a série, garantindo à família e aos espectadores um retrato fiel do Pablo (Escobar) e do Roberto (Escobar)."

Roberto Escobar

Roberto Escobar foi contabilista do cartel de Medellín e, durante algum tempo, chefe do grupo de assassinos a soldo da organização. Foi preso em 1993, pouco tempo após a morte de Pablo às mãos da polícia. Na cadeia, recebeu uma carta armadilhada que o deixou meio cego e meio surdo.

Desde a sua libertação da prisão, Roberto escreveu diversos artigos e livros, registou patentes, tornou-se um dos fundadores da Escobar Inc. e registou-se como defensor do legado da família nos EUA em 2015, na mesma altura em que estreava a série original da Netflix protagonizada pelo ator Wagner Moura no papel do barão da droga do cartel de Medellin, na Colombia.

A estreia da segunda temporada de "Narcos" está prevista para 2 de setembro, na Netflix.

Trailer da segunda temporada de "Narcos"