Cartaz de cinema

Morreu Carl Reiner - o homem que fez de tudo um pouco

Publicado em 30 Jun. 2020 às 15:34, por filmSPOT, em Notícias de cinema (Temas: Obituário)

Morreu Carl Reiner - o homem que fez de tudo um pouco

Humor, teatro, cinema, televisão, na escrita, como ator, realizador ou produtor, Reiner correu as várias facetas da indústria do entretenimento. Tinha 98 anos.

Carl Reiner morreu na segunda-feira à noite, na sua casa em Beverly Hills, de causas naturais. Tinha 98 anos. A notícia foi confirmada pela sua assistente.

A longa carreira justifica, como poucos, o uso do cliché "multifacetado". Escreveu para teatro, cinema e televisão. Encenou nos palcos da Broadway e realizou filmes e programas de televisão.

Ganhou nove Emmys - prémios da televisão norte-americana - primeiro com o programa de sketches "Your Show of Shows" em finais dos anos 50, onde trabalhou e iniciou uma longa amizade com Mel Brooks; mais tarde com a sitcom "The Dick Van Dyke Show", que esteve no ar entre 1961 e 1966.

Para o cinema dirigiu 15 comédias, desde "Enter Laughing" (1967), com José Ferrer e Shelley Winters, passando por "Oh God" (1977), com George Burns, e "The Man With Two Brains" (1983), com Steve Martin, até "That Old Feeling" (1997), com Bette Middler e Dennis Farina.

Reiner manteve-se ativo bem para lá da idade em que a maior parte das pessoas de reforma. Em 2011, aos 89 anos, ainda assinou um episódio da série de animação "The Cleveland Show" inspirado no programa "Your Show of Shows". Fez parte do elenco da trilogia "Ocean's Eleven", entre 2001 e 2007, e apareceu em episódios de séris como "Frasier", "Ally McBeal", ou "House".

Teve três filhos, todos eles com carreiras nas artes e entretenimento. Rob Reiner, ator e cineasta, Annie Reiner, escritora e cantora, e Lucas, pintor e fotógrafo que, ocasionalmente, também se aventurou na realização.

Curtas Vilda do Conde 2020