Cartaz de cinema

"Monty Python: Autobiografia de um Mentiroso" no cinema em sessões únicas a 11 de julho

Publicado em 6 Jul. 2017 às 15:13, por , em Notícias de cinema (Temas: Estreias)

"Monty Python: Autobiografia de um Mentiroso" no cinema em sessões únicas a 11 de julho

Quase cinco anos após a estreia mundial, a louca biografia de Graham Chapman chega finalmente aos cinemas portugueses.

Cinco cidades portugueses vão poder assistir ao filme "Monty Python: A Autobiografia de um Mentiroso" no cinema. As sessões únicas terão lugar a 11 de julho, às 21h00, nas salas NOS Amoreiras, NOS NorteShopping, NOS Braga Parque, NOS Alma Shopping e NOS Oeiras Parque.

Em Lisboa, a projeção nos cinemas NOS Amoreiras será apresentada por Fernando Alvim. No Porto, nos cinemas NOS NorteShopping, o anfitrião será Aldo Lima.

"Monty Python: A Autobiografia de um Mentiroso" conta, de forma ficcionada, inventiva e surreal, a vida de Graham Chapman, um dos elementos do grupo de humoristas Monty Python, falecido em 1989.

Chapman dera-se ao trabalho de se gravar a si próprio durante a leitura do seu livro "A Autobiografia de um Mentiroso". As gravações foram engenhosamente usadas para colocar a voz de Chapman a narrar o filme animado a que os colegas Pythons John Cleese, Terry Jones, Michael Palin e Terry Gilliam também deram voz, fazendo de si próprios e de outras personagens, juntamente com alguns convidados.

O filme foi realizado em 2012 e, até esta data, tinha sido lançado nas salas portuguesas.

Trailer "A Liars Autobiography - The Untrue Story of Monty Pythons Graham Chapman"

Graham Chapman nasceu e estudou em Cambridge, onde conheceu John Cleese. Estudou medicina, tornou-se um Python, decidiu ser um pouco gay (70/30, de acordo com um inquérito que fez a si próprio), bebeu muito, deixou de beber, fez alguns filmes e mudou-se para Los Angeles. Morreu de cancro em 1989.

Quanto aos Monty Python, são considerados por muitos o coletivo de comédia mais influente de todos os tempos e ainda hoje muitos humoristas os apontam como inspiração e referência. Criaram e interpretaram a série de televisão "Monty Python's Flying Circus", lançada a 5 de outubro de 1969, na BBC. Foram emitidas quatro temporadas, num total de 45 episódios. A série acabou por se transformar num fenómeno global e desmultiplicou-se em espetáculos, filmes, programas de rádio, discos, livros e até jogos de computador, garantindo aos seis integrantes um lugar único na história da comédia.