Cartaz de cinema

Martin Landau morre aos 89 anos

Publicado em 17 Jul. 2017 às 14:00, por , em Notícias de cinema (Temas: Obituário)

Martin Landau morre aos 89 anos

Teve papéis marcantes na série de TV "Missão: Impossível" e "Espaço: 1999". Participou em "Intriga Internacional" de Alfred Hitchcock e ganhou um Oscar por "Ed Wood", de Tim Burton.

O ator Martin Landau morreu este sábado, em Los Angeles, aos 89 anos, de complicações inesperadas durante uma hospitalização. O seu agente, Dick Guttman, anunciou o óbito numa declaração enviada à imprensa no domingo.

Novaiorquino do bairro de Brooklyn, nascido em 1928, Landau estudou na conhecida escola de Lee Strasberg, ao lado de Steve McQueen. Começou a trabalhar em produções teatrais e, na década de 50, em papéis secundários na televisão.

O primeiro papel no cinema ocorreu em 1959, no filme de guerra "Pork Chop Hill" (Os Homens Morrem Assim), com Gregory Peck. Pouco tempo depois, fez parte do elenco de "North by Northwest" (Intriga Internacional), uma das obras mais famosas de Alfred Hitchcock. Em 1963, fez de Rufio em "Cleopatra", a mega produção que quase arruinou a 20th Century Fox, com o par Elizabeth Taylor e Richard Burton como protagonistas, dentro e fora do ecrã.

Quase integra o elenco de "Star Trek" ao ser a primeira escolha de Gene Roddenberry (criador da série) para o papel de Mr. Spock, mas prefere "Missão: Impossível" onde conhece a primeira esposa, Barbara Bain. Viria a ser nomeado três vezes para os Emmys e vence um Globo de Ouro pelo papel de Rollin Hand.

Em 1975, o casal Landau e Bain protagoniza a célebre série britânica de ficção científica "Espaço: 1999", onde desempenha os papéis de Comandante John Koening e da Dra. Helena Russell. Quando a base lunar Alfa fecha portas em 1977, Landau vê a sua carreira atingir o ponto mais baixo de sempre.

Após um conjunto de trabalhos em filmes de baixo orçamento e pouco interesse, Landau vê a carreira renascer em 1988, quando é convidado por Francis Ford Coppola para entrar em "Tucker", filme sobre um empresário que sonha com o sucesso na indústria automóvel. Nomeado para o Oscar de melhor ator secundário repete o feito um ano depois com "Crimes and Misdemeanors" (Crimes e Escapadelas), de Woody Allen.

O culminar deste segundo fôlego aconteceria em 1994, quando encarna Béla Lugosi em "Ed Wood", de Tim Burton. Na cerimónia de entrega dos Oscars de 1995, Landau recebe a estatueta de melhor ator secundário.

Entre os seus últimos desempenhos encontram-se presenças no filme independente "The Last Poker Game", premiado no festival de Tribeca, e no drama de ficção científica "Without Ward" (ainda por estrear).