Cartaz de cinema

Joss Whedon: ex-mulher acusa criador de "Buffy" de ser hipócrita e de a ter enganado durante 15 anos

Publicado em 21 Ago. 2017 às 19:54, por , em Notícias de cinema (Temas: Celebridades)

Joss Whedon: ex-mulher acusa criador de "Buffy" de ser hipócrita e de a ter enganado durante 15 anos

A imagem pública do realizador de "Os Vingadores" está a ser severamente afetada, mas desconhece-se se o escândalo terá consequências na sua carreira.

Uma coluna de Kai Cole, ex-mulher de Joss Whedon, publicada durante o fim-de-semana no site The Wrap, está a deixar o criador de "Buffy Caçadora de Vampiros" em maus lençois. Cole acusou Whedon de ser hipócrita e de pregar ideais feministas em público enquanto, em privado, lhe foi infiel durante os 15 anos em que durou a união.

De acordo com afirmações contidas no texto, os casos secretos de Whedon começaram logo nas filmagens de "Buffy", algo que o próprio Whedon terá confessado, e repetiram-se consecutivamente durante os anos seguintes.

Cole declara que só recentemente conseguiu encarar a realidade. O sofrimento acumulado terá, nas suas palavras, feito com que deixasse de ser "uma mulher forte e confiante", para passar a ser uma pessoa "caótica, confusa e amedrontada" que acabou diagnosticada com Perturbação de Stress Pós-Traumático.

Entre as primeiras consequências diretas deste escândalo na imprensa e da torrente de comentários negativos em relação a Wheodon nas redes sociais, está o encerramento do site Whedonesque.com, criado por fãs, e que durante mais de uma década acompanhou e reuniu informações sobre o trabalho do cineasta.

A única reação conhecida de Joss Whedon ao texto de Kai Cole, veio por um porta-voz, citado em rodapé no artigo do The Wrap: "Embora este relato inclua imprecisões e falsas declarações que podem prejudicar a sua família, Joss não está disponível para comentar, por preocupação com os filhos e por respeito à sua ex-esposa".

Neste momento, Whedon está a terminar o próximo "Liga de Justiça", substituindo Zack Snyder nas derradeiras fases de produção após o realizador ter saído para lidar com a trágica morte da filha.

Desconhece-se, por agora, se este caso terá alguma influência no desenvolvimento de um filme com a personagem Batgirl onde Whedon também está envolvido, na qualidade de realizador.

Joss Whedon tornou-se conhecido a partir da altura em que criou a série de televisão "Buffy - Caçadora de Vampiros", em 1992. Numa primeira fase, foi sobretudo como argumentista que fez nome em Hollywood, assinando - a solo, ou em parceria - as histórias de "Toy Story" (1995), que lhe valeu uma nomeação para o Oscar, "Alien: O Regresso" (1997) e "A Casa na Floresta" (2012).

O passo de gigante estava guardado para 2012 com a escrita e realização de "Os Vingadores" e da sequela "Vingadores: A Era de Ultron" (2015)

Na televisão, criou ainda outras as séries de televisão: "Angel" (1999), um spinoff nascido do universo de "Buffy", e "Dollhouse" (2009) e foi co-criador de "Agents of S.H.I.E.L.D." tendo realizado também o episódio-piloto(2013).