Cartaz de cinema

James Franco defende-se das acusações de assédio

Publicado em 11 Jan. 2018 às 18:05, por , em Notícias de cinema (Temas: Celebridades, Bastidores)

James Franco defende-se das acusações de assédio

O ator e realizador James Franco defendeu-se das acusações de assédio sexual que lhe foram feitas após a entrega dos Globos de Ouro, no domingo à noite.

Durante uma entrevista no talk show de Stephen Colbert, o realizador e protagonista de "Um Desastre de Artista" (vencedor do Globo de Ouro para melhor ator numa comédia, ou musical) disse que "As afirmações que me disseram ter sido publicadas no Twitter não são precisas, mas apoio completamente que as pessoas venham a público e tenham uma voz... Se for devido algum pedido de desculpas, falo-ei. Se fiz algo errado, tentarei repará-lo."

As atrizes Ally Sheedy e Violet Paley, e a cineasta Sarah Tither-Kaplan (antiga estudante na escola Studio 4, fundada por Franco) usaram a rede social para fazer referência a alegados comportamentos impróprios do ator.

Ally Sheedy apagou o comentário pouco depois. Franco, que trabalhou com ela no teatro diz estar intrigado com as razões que a conduziram a levantar tais suspeitas.

De qualquer forma, o caso teve consequências imediatas com o The Times a cancelar uma conferência com Franco alegando "desconforto" com a controvérsia.

Esta quinta-feira, o Los Angeles Times acrescenta depoimentos de outras antigas estudantes que tiveram Franco como professor. Todas falam de situações embaraçosas e de abuso.

Não é a primeira vez que James Franco está envolvido em escândalos de abuso sexual. Em 2014, uma jovem escocesa de 17 acusou-o de tentar combinar uma visita ao quarto de hotel onde esta se encontrava hospedada, em Nova Iorque.