Cartaz de cinema

Homem-Aranha pode sair do universo cinematográfico Marvel

Publicado em 21 Ago. 2019 às 00:03, por , em Notícias de cinema (Temas: Indústria cinematográfica, Cinema Norte-Americano, Bastidores)

Homem-Aranha pode sair do universo cinematográfico Marvel

As negociações entre a Sony e a Disney estão num impasse que poderá levar ao desaparecimento da personagem dos filmes da Marvel.

A personagem do Homem-Aranha pertence à Marvel, mas está licenciada à Sony Pictures. Depois de algumas produções a solo, a Sony chegou a acordo com a Disney para fazer o reboot da história da personagem de forma a integrá-la no muito popular universo narrativo da Marvel Studios (MCU), uma decisão que permitiu renovar a presença de Peter Parker no grande ecrã através de Tom Holland.

Mas há um problema. Segundo o Deadline, os dois estúdios não chegam a acordo quanto ao financiamento e repartição de receitas dos próximos filmes o que poderá significar o fim da presença de Tom Holland nas longas-metragens do MCU.

A Disney, a negociar numa posição de força devido ao domínio que tem no mercado cinematográfico, deseja que o investimento e o lucro sejam divididos metade por metade. A Sony, nada interessada em abrir mão da sua galinha dos ovos de ouro, quer manter o acordo atual que compensa a Disney com 5% da receita bruta, mais os lucros provenientes da venda de produtos e licenciamento.

Outro ponto de discórdia parece ser, de acordo com o Variety, a vontade da Disney em obrigar Kevin Feige - produtor e presidente da Marvel Studios - a concentrar-se em projetos 100% Marvel, incluindo o desenvolvimento de conteúdos para a Disney Plus, plataforma de streaming do estúdio com lançamento previsto para o próximo ano.

Por agora, na mesa estão mais duas produções envolvendo o realizador Jon Watts e Tom Holland.

"Homem-Aranha: Longe de Casa" tornou-se recentemente o filme com maior receita de bilheteira mundial da história da Sony Pictures, destronando "Skyfall".