Cartaz de cinema

"Fábrica de Nada" vence prémio da associação de crítica internacional no Festival de Cannes

Publicado em 27 Mai. 2017 às 20:49, por , em Notícias de cinema (Temas: Cinema Português, Festivais de cinema)

"Fábrica de Nada" vence prémio da associação de crítica internacional no Festival de Cannes

A longa-metragem portuguesa "Fábrica de Nada" do realizador Pedro Pinho recebeu este sábado o Prémio FIPRESCI 2017, atribuído pela Federação Internacional da Imprensa Cinematográfica ao melhor dos filmes exibidos na secção paralela da Quinzena dos Realizadores.

Até agora, era Manoel de Oliveira o único realizador português a ter recebido alguma vez o Prémio FIPRESCI, em Cannes, em 1997, com o filme "Viagem ao Princípio do Mundo".

"Fábrica de Nada" começa quando, uma noite, um grupo de operários percebe que a administração está a roubar máquinas e matérias-primas da sua própria fábrica. Ao decidirem organizar-se para proteger os equipamentos e impedir o deslocamento da produção, os trabalhadores são forçados - como forma de retaliação - a permanecer nos seus postos sem nada que fazer, enquanto prosseguem as negociações para os despedimentos. A pressão leva ao colapso geral dos trabalhadores, enquanto o mundo à sua volta parece ruir.