Cartaz de cinema

Eurosport reforça aposta no ciclismo até 2020

Publicado em 15 Set. 2017 às 16:20, por , em Notícias de Televisão e Séries

Eurosport reforça aposta no ciclismo até 2020

O Eurosport assinou um novo acordo com a União Ciclista Internacional (UCI) e a European Broadcasting Union (EBU) válido por quatro anos que reforça ainda mais o número de eventos e horas de transmissão no canal desportivo.

O canal pan-europeu de desporto garantiu a transmissão dos principais eventos da UCI de forma exclusiva em 36 países e territórios da Europa, entre 2017 e 2020, em diferentes disciplinas.

As novidades incluem, além dos mundiais UCI em diversas variantes, a entrada da temporada de ciclocrosse, garantia de que nem no inverno haverá falta de bicicletas nas emissões do Eurosport:

  • UCI Road World Championships (17-24 setembro 2017)
  • UCI Cyclo-Cross World Cup (10 eventos entre setembro 2017 - fevereiro 2018)
  • UCI Urban Cycling World Championships (8-12 novembro 2017)
  • UCI Track Cycling World Cup (4-5 novembro, 10-12 novembro, 2-3 dezembro, 9-10 dezembro 2017)
  • UCI Cyclo-Cross World Championships (3-4 fevereiro 2018)
  • UCI Track Cycling World Championships (28 fevereiro – 4 março 2018)
  • UCI BMX World Championships (21-27 maio 2018)
  • UCI Mountain Bike World Championships (setembro 2018)

Além disso, o Eurosport continuará a oferecer aos seus espectadores as habituais três grandes voltas (Giro d'Italia, Tour de France e Vuelta a España), os Cinco Monumentos, as restantes corridas do World Tour e outras provas dos circuitos mundiais e continentais. Um compromisso que resulta em mais de 200 dias de emissão e 2.500 horas de ciclismo, por ano.

O novo acordo começa a fazer-se notar já a partir de domingo, 17 de setembro, com o regresso ao canal dos Mundiais de Ciclismo de Estrada, que se disputam na cidade norueguesa de Bergen até dia 24. O eslovaco Peter Sagan vai defender o título nos 276,5kms da prova de fundo das elites masculinas onde a comitiva lusa será liderada pelo vencedor em 2013, Rui Costa. O corredor da UAE Emirates junta-se na seleção nacional a José Gonçalves (Katusha Alpecin), Nélson Oliveira (Movistar), Ricardo Vilela (Manzana Postobón), Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo) e Tiago Machado (Katusha Alpecin). Antes, no dia 20, tanto Rui Costa como Nélson Oliveira vão competir no Contrarrelógio individual.

Portugal também vai marcar presença nas provas de sub-23. André Carvalho (Cipollini Iseo Serrature Rime), Francisco Campos (Miranda/Mortágua), Ivo Oliveira (Axeon Hagens Berman) e José Neves (Liberty Seguros/Carglass) vão estar na de Fundo (191 quilómetros no dia 22). Oliveira fará o contrarrelógio no dia 18.

Em juniores, correm Afonso Silva (Sporting/Tavira/Formação Eng. Birto da Mana), Pedro José Lopes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) e Pedro Miguel Lopes (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact). Maria Martins (Bairrada) será a representante lusa na prova de fundo para juniores femininas.

Provas com participação de ciclistas portugueses (hora de Portugal Continental)

  • 18 de setembro, 12h05: Contrarrelógio Individual Sub-23, 37,2 km
  • 20 de setembro, 12h05: Contrarrelógio Individual Elite, 31 km
  • 22 de setembro, 09h05: Prova de Fundo Juniores Femininas, 76,4 km
  • 22 de setembro, 12h15: Prova de Fundo Sub-23, 191 km
  • 23 de setembro, 08h30: Prova de Fundo Juniores, 135,5 km
  • 24 de setembro, 09h05: Prova de Fundo Elite, 276,5 km

Os Mundiais de Ciclismo de Estrada podem ser acompanhados no Eurosport com comentários de Luís Piçarra, Paulo Martins, Olivier Bonamici e Gonçalo Moreira.