Cartaz de cinema

"Dolor y Gloria": o regresso triunfante de Pedro Almodóvar ao Festival de Cannes

Publicado em 21 Mai. 2019 às 13:13, por , em Notícias de cinema (Temas: Festivais de cinema)

"Dolor y Gloria": o regresso triunfante de Pedro Almodóvar ao Festival de Cannes

O cineasta espanhol apresentou um drama com Antonio Banderas e Penélope Cruz, centrado nos problemas emocionais e de saúde de um realizador de cinema.

Ausente de Cannes desde 2016, ano em que apresentou "Julieta", e depois de ter assumido funções como Presidente do Júri em 2017, Pedro Almodóvar regressa ao Festival com "Dolor y Gloria", drama protagonizado pelos seus habituais colaboradores Antonio Banderas e Penélope Cruz, centrado nos problemas emocionais e de saúde de um realizador de cinema.

Merecendo já comparações entre o retrato do protagonista do filme e a vida do próprio Almodóvar, a crítica em Cannes revela-se rendida perante "Dolor y Gloria", sendo unânime em afirmar que se trata do melhor título do realizador espanhol em muitos anos. Um sucesso partilhado pela audiência, presente na exibição do novo trabalho do realizador espanhol, tal como as redes sociais rapidamente deram conta.

Mais particularmente, para Peter Debruge, na Variety, esta é "a primeira vez que vemos a alma do realizador completamente exposta" num filme "notavelmente maduro".

Segundo Eric Kohn, do IndieWire, "Dolor y Gloria" é a visão "emotiva de um autor que se confronta com a natureza íntima da sua obra", sendo igualmente destacada a interpretação de Antonio Banderas, um retrato "fascinante e pleno de nuances", sendo impossível "não sentir o tumulto emocional" do seu personagem.

No The Guardian, Peter Bradshaw descreve o filme como "uma pérola de natureza sensual e profundamente pessoal", que nos fala de "amor, memória, arte, mães, amantes e, acima de tudo, daquilo que sempre cativou" a filmografia de Pedro Almodóvar.

A imprensa portuguesa em Cannes também não ficou indiferente a "Dolor y Gloria". Hugo Gomes, no site C7nema, afirma que "Pedro Almodóvar volta a preocupar-se com as personagens", tornando o espectador num "cúmplice passional" do protagonista encarnado por Antonio Banderas.

"Dolor y Gloria", exibido em Cannes na Competição Oficial para a Palma de Ouro, tem estreia agendada, em Portugal, para 5 de setembro de 2019.