Cartaz de cinema

Cabovisão passa a ser NOWO - muda o nome, a estratégia e os preços

Publicado em 13 Set. 2016 às 20:57, por , em Notícias de Televisão e Séries

Cabovisão passa a ser NOWO - muda o nome, a estratégia e os preços

A NOWO apresenta-se hoje ao mercado na sequência do processo de transformação da antiga Cabovisão numa nova marca de telecomunicações. Promete novidades e afirma posicionar-se ao lado dos consumidores, desafiando as atuais práticas das restantes operadoras.

Liberdade é uma das palavras mais repetidas na comunicação desta nova NOWO. Assim, de acordo com informações veiculadas pela empresa, na NOWO não existem pacotes pré-definidos: o consumidor é livre para escolher e pagar apenas pelos serviços de Net, TV, Telefone fixo e Móvel que escolheu. A marca reduz também o período de fidelização de 24 para 12 meses.

Miguel Veiga Martins, director executivo da NOWO, espera que esta estratégia permita conquistar 10% de quota de mercado em 2 anos. A oferta base de Internet a 100 Mbps custa €19,99 e integra ainda 33 canais analógicos de TV sem custo adicional. A marca traz também um simulador online onde o cliente pode simular os serviços que pretende.

A NOWO herda a rede híbrida de fibra ótica e cabo coaxial com mais de 14.000Km da Cabovisão que chega a mais de 900 mil lares. É nesta rede que assentam os serviços de Internet fixa, TV e Telefone fixo; para complementar a sua oferta de serviços fixos, e graças a um acordo de MVNO – operador móvel virtual que utiliza a rede de outro operador – celebrado no início do ano, a NOWO tem cobertura móvel nacional, com velocidades 4G, permitindo-lhe disponibilizar serviços de voz e Internet móvel em todo o país e no estrangeiro, através dos acordos de roaming estabelecidos com operadores de outros países.

De acordo com o comunicado disponibilizado à imprensa, a criação da nova marca custou cerca de 6 milhões de Euros.