Cartaz de cinema

"Agentes Universitários" e "Homens de Negro" cruzam-se no mesmo filme

Publicado em 1 Mai. 2015 às 22:34, por , em Notícias de cinema (Temas: Primeiro olhar, Cinema Norte-Americano, Bastidores)

"Agentes Universitários" e "Homens de Negro" cruzam-se no mesmo filme

A Sony Pictures quer avançar com uma versão feminina da comédia policial e colocar Jonah Hill e Channing Tatum num crossover com o universo dos "Homens de Negro".

A Sony Pictures continua a tentar recuperar a distância para a concorrência após o escândalo resultante da invasão do sistema informático da empresa, no final de 2014.

Sem os recursos dos outros estúdios em termos de personagens e séries de filmes de sucesso (ou seja, sem super-heróis), a Sony tenta retirar o máximo dos poucos sucessos de tempos recentes.

Por isso, contratou Lucia Aniello e Paul Downs (da série "Broad City", do canal Comedy Central) para explorarem o conceito que teve início com "Agentes Secundários" (21 Jump Street) e prosseguiu depois com "Agentes Universitários" (22 Jump Street). A dupla de argumentistas vai desenvolver um novo filme, baseado no mesmo universo (termo muito na moda, em Hollywood), mas com personagens femininas.

Além disso, o estúdio está interessado em seguir outra tendência atual e criar um cruzamento entre "Jump Street" e os "Men in Black" (Homens de Negro). O filme fará Channing Tatum e Jonah Hill entrar no mundo das investigações que envolvem seres extraterrestres de os "Homens de Negro".

A liderar a operação estará o produtor Neal Moritz, com os atores Hill e Tatum e os realizadores Phil Lord e Chris Miller, que assinaram os dois "Jump Street", o maior sucesso da Sony Pictures em termos de comédia em tempos recentes.

Do lado dos M.I.B. desconhece-se o envolvimento de Will Smith e Josh Brolin, que protagonizaram "Homens de Negro 3", em 2012, ou de Barry Sonnenfeld, realizador e produtor da trilogia sobre a organização secreta que monitoriza e controla a atividade alienígena na Terra.

Grande parte desta informação surgiu através da correspondência interna divulgada após o ataque ao sistema informático da Sony e foi veículada pelo site The Wrap.