Cartaz de cinema

Adeus Frank Underwood: Netflix despede Kevin Spacey da série "House of Cards"

Publicado em 4 Nov. 2017 às 11:08, por , em Notícias de Televisão e Séries (Temas: Celebridades, Bastidores)

Adeus Frank Underwood: Netflix despede Kevin Spacey da série "House of Cards"

Denúncias de assédio sexual por elementos do elenco levaram a empresa a cortar todas os laços laborais com o ator.

A Netflix colocou Kevin Spacey fora da sua série original "House of Cards". Numa declaração à imprensa, um porta-voz afirma que "A Netflix não se envolverá com qualquer produção de 'House of Cards' que inclua Kevin Spacey" e acrescenta que "continuará a trabalhar (...) na avaliação do caminho a seguir". Ao mesmo tempo, a plataforma de streaming "decidiu também não avançar com a estreia do filme 'Gore' que se enconta em fase de pós-produção e onde Kevin Spacey é protagonista e produtor".

Logo depois, a empresa Media Rights Capital (MRC) responsável pela produção de "House of Cards", emitiu outro comunicado onde confirmava a saída de Spacey. Acrescentou que continuará a investigar os alegados casos de assédio na rodagem da série e deu a entender que vai trabalhar com a Netflix para reescrever o argumento da sexta temporada cuja produção foi, entretanto, suspensa.

O nome de Spacey surgiu a 29 de outubro numa entrevista publicada no site Buzzfeed onde o ator de "Star Trek: Discovery", Anthony Rapp, recordou um encontro sexual indesejado com Spacey passado em 1986, quando tinha 14 anos. Para piorar ainda mais a situação, a 3 de novembro, oito empregados da equipa de "House of Cards" relataram à CNN outras histórias de incidentes de natureza sexual com o protagonista da série.

A revelação surge no meio da onda de denúncias de comportamentos impróprios na indústria de entretenimento que começou a 5 de outubro, com o caso Harvey Weinstein.