Cartaz de cinema

15 filmes para ver no Lisbon & Sintra Film Festival 2018

Publicado em 17 Nov. 2018 às 10:08, por , em Notícias de cinema (Temas: Festivais de cinema)

15 filmes para ver no Lisbon & Sintra Film Festival 2018

No dia em que a 12ª edição do Lisbon & Sintra Film Festival (LEFFEST) arrancou oficialmente, o filmSPOT partilha 15 sugestões da programação do Festival que, de 16 a 25 de novembro, decorrerá em Lisboa e Sintra.

"Blaze" (Ethan Hawke) – Seleção Oficial: Em Competição

Blaze

Inspirado na vida de Blaze Foley, a lenda do movimento Texas Outlaw Music, que deu a conhecer estrelas como Merle Haggard e Willie Nelson, o filme entrelaça três períodos diferentes, reimaginando o passado, o presente e o futuro de Blaze.

"Suspiria" (Luca Guadagnino) – Seleção Oficial: Fora de Competição

Suspiria

Uma escuridão abate-se sobre uma companhia de dança de renome mundial, envolvendo a diretora artística, uma ambiciosa e jovem bailarina e um psicoterapeuta de luto. Alguns vão sucumbir ao pesadelo. Outros vão finalmente acordar.

"At Eternity's Gate" (Julian Schnabel) – Seleção Oficial: Fora de Competição

At Eternity's Gate

O filme reúne cenas baseadas nas pinturas de Vincent Van Gogh, acontecimentos, rumores e histórias da sua vida, ou outras que são simplesmente inventadas. A arte dá-nos uma oportunidade de criar um corpo palpável que expressa uma razão de viver, se é que tal coisa existe.

"High Life" (Claire Denis) – Seleção Oficial: Fora de Competição

High Life

Monte, um solitário que usa uma severa autodisciplina como proteção contra o desejo tornou-se pai contra sua vontade. O seu esperma foi usado para inseminar Boyse, uma jovem que deu à luz Willow. Ambos eram membros de uma tripulação de prisioneiros espaciais, condenados à pena de morte. Usados como cobaias pela perversa Dra. Dibs, são enviados numa missão ao buraco negro mais próximo da Terra.

"Sedução da Carne" (Júlio Bressane) – Seleção Oficial: Em Competição

Sedução da Carne

Escritora obstinada e sensível, Siloé desiste de sair de casa após a morte do marido. Viúva há três anos, tem frequentes conversas com o seu animal de estimação, um papagaio. No entanto, é permanentemente observada por uma grande porção de carne crua. Através do surrealismo do argumento, a sua relação erótica com a carne é explorada, ilustrando de forma metafórica a realidade árdua da agricultura no Brasil.

"Sílvio e os Outros" – Seleção Oficial: Fora de Competição

Silvio e os Outros / Loro 1 (2018)

Viveu no nosso imaginário pelo poder do seu império jornalístico, a sua ascensão meteórica e a capacidade de sobreviver a reveses políticos e a processos judiciais. Encarnou, durante vinte anos e após a queda do comunismo, o laboratório da Europa e o triunfo absoluto do modelo liberal. Entre o declínio e a intimidade impossível, Silvio Berlusconi simboliza uma era que se questiona, desesperada pelo seu vazio.

"Transit" (Christian Petzold) – Seleção Oficial: Em Competição

Transit

A história decorre em Marselha, numa amálgama de diversas décadas, inserida num imaginário histórico marcado pela ocupação alemã. Certos cidadãos do outro lado do Reno, como Georg, precisam de fugir do continente, de barco, para escapar ao regime. Na cidade de Marselha, Georg espera obter um visto e, como tantos outros, espera e vagueia sem propósito.

"Vox Lux" (Brady Corbet) – Seleção Oficial: Em Competição

Vox Lux

Durante um massacre numa escola, um rapaz problemático aparece numa aula de música, mata o professor à queima-roupa e dispara sobre os alunos adolescentes. Celeste, uma das alunas, recusa-se a ser intimidada e tenta, sem sucesso, chamar a atenção do rapaz, que acaba por a atingir no pescoço. Este incidente terá repercussões inesperadas. Em recuperação no hospital, Celeste dedica-se à música e, numa vigília pelas vítimas, canta uma pungente canção de sua autoria, que de imediato capta a atenção do país. Celeste é assim lançada no mundo do espetáculo aos 14 anos de idade.

"Ainda Tenho Um Sonho ou Dois – A História dos Pop Dell'Arte" (Nuno Galopim e Nuno Duarte) – Sessões Especiais

Ainda Tenho Um Sonho ou Dois – A História dos Pop Dell'Arte

Um resumo das mais de três décadas de existência dos Pop Dell'Arte, desde os seus primeiros passos no mítico Rock Rendez Vous, até à criação da editora independente Ama Romanta e até aos dias de hoje.

"John McEnroe: In the Realm of Perfection" (Julien Faraut) – Seleção Oficial: Em Competição

John McEnroe: In the Realm of Perfection

Um documentário sobre a final de 1984 do Open de França entre John McEnroe e Ivan Lendl, quando McEnroe era o melhor jogador do mundo. Através de filmes de arquivo de 16 mm das suas atuações no estádio de Roland Garros, Faraut revela tanto a atenção de McEnroe ao desporto em si como às próprias filmagens, criando um retrato vivo e imersivo de um atleta motivado.

"Long Day's Journey Into Night" (Bi Gan) – Seleção Oficial: Em Competição

Long Day's Journey Into Night

Luo relembra o romance com Wan Quiwen, uma paixão há muito perdida, e deambula pelas ruas batidas pela chuva, onde as luzes de néon pontuam as sombras como ilhas do passado. Num flashback até ao ano 2000, Luo revive um corajoso confronto com um criminoso local e o trauma do assassinato do seu velho amigo Wildcat.

"L'Homme Fidèle" (Louis Garrel) – Seleção Oficial: Em Competição

L'Homme Fidèle

Marianne deixa o jornalista Abel por Paul, o melhor amigo deste, de quem está grávida. Oito anos mais tarde, Paul morre e Abel e Marianne voltam um para o outro. Contudo, esta nova relação vai desencadear ciúmes tanto no filho de Marianne, Joseph, como na irmã mais nova de Paul, Eva, a qual tem, desde jovem, uma paixão secreta por Abel.

"The House That Jack Built" (Lars von Trier) – Seleção Oficial: Fora de Competição

The House That Jack Built (2018)

Estados Unidos da América, anos 70. Seguimos o inteligentíssimo Jack ao longo de 12 anos e presenciamos os crimes que o definem como um assassino em série. A sua história é-nos apresentada pelo próprio Jack, sendo cada crime pensado como uma obra de arte. À medida que a polícia se aproxima, Jack arrisca-se cada vez mais, tentando criar a sua obra-prima.

"Caminhos Magnetykos" (Edgar Pêra) – Sessões Especiais

Caminhos Magnetykos

Raymond, 60 e poucos anos, parisiense, autor de filmes fotográficos e BDs de animação francês, veio para Portugal com o 25 Abril, apaixonou-se e ficou, onde reside há 40 anos. A sua atividade entrou em decadência e Raymond vive na dependência económica da sua mulher Gertrudes. "Caminhos Magnéticos" desenrola-se no dia do casamento da sua filha de 21 anos, Catarina, com Damião, um homem rico da sua idade.

"Roma" (Alfonso Cuarón) – Seleção Oficial: Fora de Competição

Roma

O filme segue Cleo, uma jovem doméstica que trabalhava para uma família de classe média no bairro de Roma. Cuáron entrega uma carta de amor à mulher que o criou, inspirando-se na sua própria infância e desenhando um retrato emotivo da vida doméstica e da hierarquia pessoal social no seio do tumulto político desta década.

 

A programação completa do LEFFEST, incluindo os filmes constantes de ciclos temáticos, retrospetivas a realizadores como João Botelho, Paul Schrader ou Mike Leigh, e da homenagem que é este ano prestada ao cineasta David Lynch, pode ser consultada na página do Festival.